segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Eu sei que a gente se acostuma. Mas não devia.


A gente se acostuma a morar em apartamentos de fundos e a não ter outra vista que não as janelas ao redor. E, porque não tem vista, logo se acostuma a não olhar para fora. E, porque não olha para fora, logo se acostuma a não abrir de todo as cortinas. E, porque não abre as cortinas, logo se acostuma a acender mais cedo a luz. E, à medida que se acostuma, esquece o sol, esquece o ar, esquece a amplidão.

A gente se acostuma a acordar de manhã sobressaltado porque está na hora. A tomar o café correndo porque está atrasado. A ler o jornal no ônibus porque não pode perder o tempo da viagem. A comer sanduíche porque não dá para almoçar. A sair do trabalho porque já é noite. A cochilar no ônibus porque está cansado. A deitar cedo e dormir pesado sem ter vivido o dia.

A gente se acostuma a abrir o jornal e a ler sobre a guerra. E, aceitando a guerra, aceita os mortos e que haja números para os mortos. E, aceitando os números, aceita não acreditar nas negociações de paz. E, não acreditando nas negociações de paz, aceita ler todo dia da guerra, dos números, da longa duração.

A gente se acostuma a esperar o dia inteiro e ouvir no telefone: hoje não posso ir. A sorrir para as pessoas sem receber um sorriso de volta. A ser ignorado quando precisava tanto ser visto.

A gente se acostuma a andar na rua e ver cartazes. A abrir as revistas e ver anúncios. A ligar a televisão e assistir a comerciais. A ir ao cinema e engolir publicidade. A ser instigado, conduzido, desnorteado, lançado na infindável catarata dos produtos.

A gente se acostuma à poluição. Às salas fechadas de ar condicionado e cheiro de cigarro. À luz artificial de ligeiro tremor. Ao choque que os olhos levam na luz natural. Às bactérias da água potável. À contaminação da água do mar. À lenta morte dos rios. Se acostuma a não ouvir passarinho, a não ter galo de madrugada, a temer a hidrofobia dos cães, a não colher fruta no pé, a não ter sequer uma planta.

A gente se acostuma a coisas demais, para não sofrer. Em doses pequenas, tentando não perceber, vai afastando uma dor aqui, um ressentimento ali, uma revolta acolá. Se o cinema está cheio, a gente senta na primeira fila e torce um pouco o pescoço. Se a praia está contaminada, a gente molha só os pés e sua no resto do corpo. Se o trabalho está duro, a gente se consola pensando no fim de semana. E se no fim de semana não há muito o que fazer a gente vai dormir cedo e ainda fica satisfeito porque tem sempre sono atrasado.

A gente se acostuma para não se ralar na aspereza, para preservar a pele. Se acostuma para evitar feridas, sangramentos, para esquivar-se de faca e baioneta, para poupar o peito. A gente se acostuma para poupar a vida. Que aos poucos se gasta, e que, gasta de tanto acostumar, se perde de si mesma.

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

GUIA DA PELE

Veja aqui como cuidar de sua pele e deixá-la cada vez mais linda e saudável.

PELE NORMAL E MISTA
Veja como manter o delicado equilíbrio das peles normais e mistas.

Ritual: limpar, tonificar, hidratar, prevenir e tratar as rugas.

Limpeza: prefira produtos que limpem sem agredir a pele, como sabonetes líquidos e loções suaves. Se você gosta de sabonetes em barra, opte pelos glicerinados mais suaves. Depois, aplique tônico, para acalmar a pele e ajudar a contrair os poros. Se você é ocupada, experimente os produtos que limpam e tonificam ao mesmo tempo.

Hidratação:
prefira uma emulsão ou gel à base de vitaminas A, C e E e extrato de Aloe. Para o dia, o produto deve ter filtro solar na fórmula. Se a zona T estiver muito oleosa, use hidratante apenas nas áreas secas.


Ao redor dos olhos:
use cremes para manter a região sempre hidratada.


Anti-rugas
: opte por produtos à base de vitaminas C e E e retinol.
Semanalmente: esfolie e aplique máscaras (leia mais abaixo).



PELE SECA
Veja como impedir que a pele fique ressecada e como prevenir as rugas.

Ritual: limpar, hidratar, prevenir linhas e tratar as já existentes.

Limpeza: deve ser feita com produtos que limpem sem agredir a pele, como sabonetes líquidos para o dia, e creme e loções de limpeza para remover maquiagem à noite. Evite sabonetes em barra, que podem deixar a pele ressecada e áspera.

Hidratação: prefira hidratantes poderosos, mas de textura leve, como gel-creme ou creme. É importante que o produto do dia tenha filtro solar na fórmula.

Anti-rugas: peles secar têm mais tendência às rugas. Nunca descuide da hidratação e use cremes com retinol, ácido glicólico e vitaminas.

Ao redor dos olhos: é sagrado aplicar creme para lubrificar a região. Semanalmente: aplique uma máscara e faça esfoliação (leia mais abaixo).


PELE OLEOSA
Aprenda a remover o excesso de oleosidade e cuide da hidratação.

Ritual: limpar, hidratar, prevenir e combater as rugas.

Limpeza: duas ou, no máximo, três vezes ao dia, limpe a pele com sabonete líquido ou em barra, como os glicerinados. Jamais lave o rosto em excesso: isso aumenta a oleosidade.

Hidratação: fique longe de produtos cremosos e gordurosos. Use hidratantes em forma de gel ou gel-creme (são livres de óleo) com filtro solar na fórmula. Opte por produtos a base de vitamina A, C e E e extratos vegetais, como Aloe vera.

Ao redor dos olhos: use creme para evitar as linhas de expressão.

Anti-rugas: deve ser em forma de gel. Jamais use cremes, pois provoca espinhas.

Cuidados especiais duas vezes por semana faça esfoliação usando produtos à base de grânulos e, semanalmente, máscara. Se surgirem espinhas, use antiacne (leia mais abaixo).



LIMPEZA:
Para a beleza da pele, limpeza é fundamental. Esse cuidado simples não toma muito do seu tempo e garante uma pele luminosa e saudável.

Pela manhã: a higienização remove as secreções eliminadas durante a noite e "acorda" a pele, preparando-a para a hidratação.

Evite lavar o rosto com água quente. Para a sua limpeza ser bem-feita, você deve usar água morna ou fria. A água quente resseca a pele e as rugas aparecem. Molhe o rosto com água fria ou morna, aplique o sabonete e faça movimentos circulares e ascendentes com os dedos em todo o rosto. Enxágüe o rosto com bastante água.

Repita o enxágüe para garantir que o produto foi removido.o acúmulo do produto deixa a pele opaca.
Seque, pressionando com delicadeza uma toalha bem fofa sobre o rosto, deixando-o um pouco úmido. Jamais esfregue
a toalha no rosto.

À noite: produtos de limpeza eliminam as impurezas acumuladas durante o dia, como óleo, poluição, pó e maquiagem.

Essas sujeiras do dia ficam impregnadas na pele, portanto, use um algodão embebido com loção.
Importante: mesmo que esteja exausta, jamais vá dormir sem limpar o rosto: a pele fica opaca e sem vida. Espalhe um pouco de loção de limpeza na testa, nariz, bochechas e queixo. Remova o produto com algodão, sempre de baixo para cima. Este gesto elimina as impurezas do rosto. Depois, enxágüe com água em abundância - se quiser.



HIDRATAÇÃO:
A superfície da pele é protegida naturalmente por uma camada finíssima de água e óleo, chamada de manto hidrolipídico pelos médicos. A exposição ao vento, calor, frio, umidade e poluição danifica essa camada, ressecando e tornando a pele áspera. Quanto mais seca for a pele, maiores serão os efeitos dessa agressão.

Como é praticamente impossível controlar as agressões externas, é fundamental repor esse manto com substâncias que imitem sua composição aí, entram em cena os hidratantes, que reconstituem o manto, protegem a pele dos agentes externos e ajudam a retardar as rugas.

Os hidratantes mais modernos contêm vitaminas A, C e E, que combatem os radicais livres, responsáveis pela oxidação e envelhecimento da pele. Têm também filtro solar para proteger o rosto dos efeitos do sol no dia-a-dia.
Coloque um pouco de creme nas bochechas e espalhe o produto com movimentos de dentro para fora e debaixo para cima.

Na testa, use os dedos e espalhe o creme com movimentos ascendentes: das sobrancelhas em direção aos cabelos. Não esqueça do pescoço. Espalhe o creme de cima para baixo com delicadeza.


AO REDOR DOS OLHOS:
Você sabia que a região dos olhos é pobre em glândulas sebáceas? Por essa característica natural, as pálpebras apresentam linhas e pés de galinha com facilidade. Para evitar isso, é fundamental lubrificar a região.

A pele da área ao redor dos olhos é finíssima: olheiras e bolsas, provocadas por má circulação e retenção hídrica, também aparecem facilmente.

Quanto mais seca for a pele, mais acentuados se tornam esses problemas. A solução é lubrificar a região duas vezes
ao dia, como cremes específicos para o local. Esses produtos passam por testes oftalmológicos, para não irritar os olhos, e são feitos com substâncias que hidratam, atenuam sinais e amenizam bolsas e olheiras.

Deposite o creme na pálpebra inferior. Bastam cerca de 5 a 6 gotinhas do produto. Com o dedo anular, dê suaves pancadinhas sobre as pálpebras inferiores, sempre de dentro para fora.
Coloque de 5 a 6 gotinhas do creme nas pálpebras superiores.

Use o dedo anular novamente e dê pancadinhas sobre as pálpebras superiores, sempre de fora para dentro.

Massagem Zen: se você acordar com as pálpebras inferiores inchadas, faça esta massagem:
Com o dedo anular, pressione suavemente o canto interno dos olhos.
Com o mesmo dedo, pressione a parte central da pálpebra, rente ao cílio.

Finalize pressionando o canto externo.



ESFOLIAÇÃO SEM SEGREDO:
A esfoliação é uma espécie de minipeeling: a ação mecânica dos grânulos dos esfoliantes remove as células mortas que ficam na última camada da pele.

Resultado: a pele fica mais clara, com brilho natural, e o rosto parece mais limpinho.

Se você deixa de esfoliar a pele, as células mortas criam uma fina película sobre os poros. O óleo se acumula e atrai bactérias que provocam o surgimento de cravos e espinhas. Essa película também impede a absorção e atuação dos cremes de tratamento.

Quem tem pele normal, mista e seca pode fazer esfoliação uma vez por semana. Para as oleosas, e com acne, recomenda-se fazer duas vezes por semana.

Pele seca pede um esfoliante mais suave: espalhe, espere secar e remova passando os dedos sobre o rosto.

Umedeça o rosto e espalhe um pouco de esfoliante na testa, nariz e queixo. A esfoliação deve ser feita com movimentos circulares.

Capriche na esfoliação do nariz, zona sujeita a cravos. Faça movimentos circulares com os dedos.
Atenção: não é necessário usar força.

Esfolie a testa. Se as bochechas estiverem ressecadas, use menos esfoliante. Enxágüe o rosto.



MARAVILHOSAS MÁSCARAS
Reserve um dia da semana para se tratar como se estivesse em um spa. Reserve um tempo, aplique uma máscara e relaxe. Sua pele agradece!

As máscaras são perfeitas para um tratamento de beleza mais intenso e concentrado. Por isso, depois da aplicação,
você 'vê' os resultados: a pele fica macia, luminosa, com aparência descansada.
Quem tem pele oleosa pode optar por máscaras de limpeza profunda. As demais aproveitarão melhor as de hidratação intensa.

É maciez a jato!

Coloque uma música relaxante e comece: limpe bem a pele e aplique uma camada espessa de máscara, evitando
os olhos. Para facilitar, use um pincel de sombra grande. Fique pelo tempo indicado, descansando, com as pernas
para cima. Remova muito bem com água e aplique um hidratante.



XÔ, ACNE!!!
Veja como dar fim nessa inimiga nada discreta.

* Nos casos leves, o mais importante é manter a pele limpíssima: as espinhas surgem porque o excesso de oleosidade fica retido no folículo piloso e acaba contaminado por bactérias. É preciso fazer limpeza profunda, manter os poros desobstruídos e sem excesso de óleo.

* De manhã, lave o rosto com sabonetes específicos. À noite, a limpeza deve ser ainda mais intensa: opte por uma loção de limpeza, que deve ser retirada com algodão, removendo junto o óleo e as sujeiras. Se quiser, enxágüe o rosto. Para completar a operação, você deve esfoliar o rosto duas vezes por semana. Sabe por quê? A esfoliação remove as células mortas, que causam a obstrução dos poros, retêm oleosidade e causam a acne.

* Jamais esprema cravos e espinhas. A pele pode ficar marcada para sempre! A limpeza de pele deve ser feita por esteticistas, profissionais capacitados para remover cravos sem deixar marcas eternas.

* Casos mais graves, como cistos, têm cura definitiva se tratados por dermatologistas.

.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Os 50 Contos do Vigário


Quando a esmola é demais o santo desconfia? Nem sempre. É cada dia mais difícil achar alguém que não tenha caído pelo menos alguma vez em um conto-do-vigário. Existem dezenas de golpes sendo aplicados na praça e o número de vítimas aumenta a cada ano. Os lesados poderiam ser em maior número se as pessoas não tivessem vergonha de registrar o caso em uma delegacia.

Não passa um dia sem que as delegacias registrem pelo menos um novo golpe. Muitas vezes, os contos antigos retornam com nova roupagem, como os que estão sendo praticados com a ajuda da tecnologia. Antigamente, bastava uma boa lábia para ludibriar alguém, agora, os bandidos usam celular, computador, internet, fax, anúncios classificados".

Na maioria das vezes, o que faz um crime desses dar certo é o fato de muita gente querer se dar bem com um negócio da China. Ou é por ganância ou por ingenuidade. Alguns são fraudes cometidas para perpetrar um crime em seguida. Um dos golpes mais antigos, aplicado sobretudo em comerciantes, é o
do dinheiro falso. No mais recente, divulgado semana passada, estelionatários usam o nome do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para tirar dinheiro de parentes de aposentados recém-falecidos. Esse é um dos 50 golpes aqui apresentados.

1 - Seguro do falecido - Após a morte de um aposentado, os malandros procuram algum parente para dizer que a pessoa tem direito a receber um determinado valor do INSS, como se fosse um seguro de vida. Prometem liberar o dinheiro mediante comissão. Depois, depositam um cheque roubado na conta da vítima e pedem a ela para consultar o saldo. Nesse momento, o depósito aparece como "valor bloqueado". Então exigem o pagamento da comissão para desbloqueá-lo. Recebem o dinheiro e somem.

2 - Empréstimo - O golpista anuncia nos classificados de jornais empréstimos de R$ 10 mil a R$ 200 mil, a juros baixos e com parcelamento a longo prazo. Sem fiador. O interessado liga para o telefone anunciado, geralmente um celular pré-pago, sem registro, ou mesmo roubado. Para ter liberado o
dinheiro, o cliente precisa apenas depositar uma quantia em uma conta corrente, sob o pretexto de pagar as despesas bancárias. Dançou. Uma vez feito o depósito, o vigarista some e dificilmente a polícia consegue localizá-lo porque a conta bancária, claro, também é aberta com documentos falsos ou roubados.

3 - Falso mago - O malandro se faz passar por mago e anuncia seus serviços em revistas e jornais. Quando o cliente liga, ele pede o depósito de uma quantia para poder marcar a consulta, que nunca é realizada. Nessa operação, o salafrário coleta várias informações do cliente e mente ao dizer que colabora com uma entidade de crianças carentes. O segundo passo do golpe é pior. O cliente lesado recebe, um tempo depois, uma carta avisando que ele teria sido sorteado e ganhado R$ 10 mil. Só que, para receber a grana, precisa depositar 1% do valor do prêmio.

4 - Corrida paga com cheque - Cuidado ao emitir cheques em táxi. Você costuma pagar corridas de taxi com cheque? Não há problema nisso, mas evite usar a caneta que o motorista lhe oferecer. Pode ser um golpe. É aplicado por motoristas de táxi desonestos. O passageiro tenta pagar o que deve com dinheiro, o taxista diz que não tem troco e sugere que a corrida seja paga com cheque. Gentil, ele oferece uma caneta para a pessoa preencher a folha. Na pressa de sair, o passageiro não percebe que se trata de uma daquelas canetas cuja tinta porosa sai com uma solução química. E, quando o cheque cai na conta, o susto: o valor foi alterado e a corrida de R$ 10 virou R$ 100, de R$ 50 virou R$ 500, por exemplo.

5 - O golpe do seguro - Todo automóvel tem um seguro obrigatório por danos pessoais (DPVAT), para indenizar a família das vítimas de acidentes. O golpe consiste em falsificar o boletim de ocorrência, o laudo médico, o atestado de óbito e os documentos de carros envolvidos num acidente, para receber o seguro.

6 - Carro novo - Um anúncio promete um carro novo com preço abaixo da tabela. As condições de pagamento são irresistíveis e o golpe é feito por intermédio de um telefone celular (sempre ele). O estelionatário se passa por empregado de uma montadora e dá um telefone falso da empresa, no qual atende uma secretária eletrônica como se fosse um escritório. O interessado recebe um documento (falso) por fax com o logotipo da empresa e as especificações do veículo e cobra um depósito urgente para garantir o negócio da China. Depois que o dinheiro entra na conta, o malandro desaparece.

7 - Aplicação financeira - Acontece, em geral, às sextas-feiras. Uma moça simpática telefona avisando que você foi premiado em um sorteio de uma aplicação bancária. Ela diz que pode transferir o dinheiro do prêmio para a sua conta. Basta confirmar alguns dados. Sem perceber, no meio de um longo questionário, você passa também a senha bancária, que os bandidos usam para sacar dinheiro da sua conta.

8 - Dinheiro falso - Notas de 10, 50 e 100 reais são as mais falsificadas no Brasil. Preste atenção no tipo de papel e se há borrões de impressão. Ter marca d`água é garantia de valor.

9 - Falso site - Estelionatários cibernéticos criam um site parecido com o dos bancos. Sem perceber a farsa, você digita seus dados e a senha. E depois eles fazem a festa.

10 - O Truque do falso médico - O estelionatário XXXX XXXX XXXX foi preso no início de setembro, acusado de roubar dezenas de câmeras de filmagens. Ele se passava por médico, ligava para as empresas especializadas, contratava o serviço com a desculpa que faria uma cirurgia ou parto inédito e que, por isso, gostaria de registrar o fato. XXXXX marcava o encontro em estacionamentos de hospitais. Quando a equipe de filmagem chegava ele combinava o serviço para o dia seguinte e o preço e dizia que precisava encaminhar os equipamentos na mesma hora para a sala de esterilização. Deixava uma maleta próxima a um carro que dizia ser seu e pedia para que os funcionários da filmadora tomassem conta até que voltasse. Só que desaparecia com os equipamentos.

11 - Seus números em troca de um cartão - A vítima recebe uma ligação de um falso funcionário do banco dizendo que precisa atualizar dados para abrir uma conta especial ou fornecer novo cartão de crédito. Depois, vai até a agência e tenta chegar à senha, começando pela data do nascimento do cliente ou pelos números de telefones ou documentos fornecidos.

12 - Cartão clonado por chupa-cabra - Outro perigo é ter o cartão de crédito ou de débito automático clonado naquelas maquininhas falsas de leitura magnética, as populares chupa-cabras que, com a ajuda de um chip grava os dados de cartões do cartão. Para a duplicação é um passo.

13 - Clonagem de telefone celular - Os larápios captam, com uso de equipamentos sofisticados, o número de série eletrônico de um telefone em uso e copiam os dados para outro aparelho. Dessa forma, passam a existir dois telefones com a mesma identificação. A empresa operadora do serviço consegue perceber o problema quando começam a aparecer duas ligações simultâneas do mesmo assinante. E o valor da conta, claro, vai para o espaço.

14 - Telefone sem conta - O golpista, nesse caso, conta com a ajuda de um cúmplice funcionário de uma companhia telefônica. São habilitados vários aparelhos sem que a conta apareça no sistema de faturamento. O usuário utiliza a linha, mas não paga a conta. Nem chega a recebê-la. Com documentos falsos ou de pessoas mortas, os golpistas adquirem os telefones e os revendem a pessoas que jamais pagam a conta. E os lesados, nesse caso, são as operadoras.

15 - Lucro falso de cotas e ações - Um homem sério e educado telefona para sua residência avisando que você ganhou um dinheiro graças à venda de ações ou de cotas de um clube de lazer - a polícia acredita que eles conseguem o nome com ajuda de funcionários. Para receber a grana, você só precisa efetuar um depósito para pagar as custas do processo. Pronto, dançou. Quando ligar para solicitar informações, todo o esquema foi desmontado.

16 - Aposentados - Pessoas que se dizem funcionários de associação de servidores aposentados abordam velhinhos na saída de bancos, agremiação de categorias e até mesmo na casa do pensionista. A história convence quando o malandro revela que o aposentado tem direito a receber reajustes atrasados. Para agilizar o processo, basta que ele faça um depósito de 10% do valor. Por exemplo: promete-se R$ 30 mil e exige-se o depósito de R$ 3 mil. O dinheiro novamente evapora.

17 - Extravio de cartão de crédito - A pessoa rouba do carteiro ou da caixa de correspondência da residência as cartas de banco com o cartão de crédito. Eles são clonados e depois enviados ao proprietário, que nem desconfia até receber o primeiro extrato. O golpista ainda telefona para a vítima passando-se por funcionário do banco pedindo que ela confirme o número da senha.

18 - Salário tentador - Os folhetos são distribuídos na rua. As chamadas são atendidas por uma secretária eletrônica ou por alguém que se diz de uma central de recados. Oferecem trabalho para ser feito em casa por salários na faixa de R$ 3 mil. Pedem que a pessoa mande um cheque para custear despesas postais e pagamento de matéria-prima e apostilas que irão ensinar o serviço. Após fazer o depósito, a vítima não consegue mais contato com os falsários porque o telefone de contato era falso.

19 - Emprego - O estelionatário descobre o endereço ou o telefone de uma pessoa desempregada e entra em contato dizendo que ela foi indicada para uma vaga. O salário é bom, R$ 2 mil. O golpista dá o endereço da falsa empresa e diz para o candidato depositar R$ 500 para a compra dos uniformes, de verão e de inverno, que serão entregues à vítima no dia em que ela supostamente começar no emprego. O fim é sempre o mesmo, você já sabe.

20 - Carro novo baratinho - O empresário paulista XXXX XXXX, por pouco, muito pouco, não caiu em um desses golpes muito bem montados com a ajuda da tecnologia. XXXXX procurava uma perua Blazer e a encontrou em um anúncio de classificados de jornal por um preço bastante atrativo. "Bem abaixo da tabela na época", conta. Ele ligou para o número de celular anunciado e, depois de alguma conversa, os salafrários o passaram um telefone fixo para que XXXXXX mandasse um fax com cópias da maioria de seus documentos pessoais. O empresário teria também de depositar um sinal para fechar o negócio em uma conta corrente. Se o carro custava R$ 40 mil, por exemplo, ele teria de depositar R$ 4 mil. XXXXX disse que ia pensar e ficou de ligar no dia seguinte. Foi a sua sorte. Com o desconfiômetro ligado, ele pediu para ver o veículo antes de depositar o valor. Insistiu, insistiu e começou a perceber que os golpistas começaram a enrolar. Enrolaram tanto que desapareceram da face da terra. Depois, todas as vezes que ele tentou ligar para o telefone do anúncio, uma voz eletrônica dizia que aquele número não existia. Era mais um golpe e, graças a intuição e bom senso, o empresário escapou.

21- Bônus - O estelionatário entra em contato com quem já foi cliente de uma companhia seguradora, dizendo que a pessoa tem direito a receber um bônus. A polícia acredita que quem passa essas informações são funcionários ou ex-funcionários. Em troca, ele pede 5% do valor total. Nesse caso, o depósito bancário é efetuado e o beneficiário fica feliz da vida, entregando o dinheiro. O problema é que o depósito da vítima foi realizado por meio de um cheque roubado, que acaba sendo estornado.

22 - Proteção policial - O malandro liga se dizendo delegado e oferece segurança extra para o cliente, em geral proprietário de um comércio, se ele fizer um anúncio na revista da corporação. Interessado no serviço, o incauto paga para o falso delegado. Já aqueles que dizem não, obrigado, passam a receber ameaças por telefone.

23 - A vizinha que avaliava jóias - O golpe mais recente foi aplicado por uma ex-moradora do Edifício Chopin, um dos endereços cariocas mais badalados do Rio. A comerciante XXXX XXXXX XXXXX, 29 anos, foi presa em 3 de setembro acusada de sumir com jóias de vários moradores. Aproveitando-se do fato de que os interessados, pessoas da sociedade carioca, precisavam de dinheiro mas não queriam se expor publicamente para vendê-las, ela pegava as peças a pretexto de avaliá-las e sumia. Ao ser pressionada, XXXXX alegava que tinha sido assaltada e não tinha como arcar com o prejuízo. Uma das moradoras teve 14 jóias, entre anéis, relógios, pulseiras e cordões de ouro com brilhantes, roubadas.

24 - Arara - O golpista abre uma firma fantasma em endereço alugado e começa a comprar produtos de uma empresa qualquer. Os primeiros pagamentos são feitos corretamente e os pedidos aumentam. O último pedido é fenomenal. Animado com o novo comprador, o empresário manda entregar a grande compra na "empresa" do oportunista e facilita o pagamento. Só que o depósito, dessa vez, é feito com cheques roubados.

25 - Prestador de serviço - Na maior parte das vezes, os bandidos se disfarçam de carteiros, leitores de luz e funcionários de telefônicas para entrar em casas, condomínios e prédios. Para evitar golpes como esse, a empresa responsável pelo sistema telefônico da cidade de São Paulo, por exemplo, por ordem da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), avisa que os funcionários não são autorizados a fazer reparos no interior das casas dos assinantes do serviço.

26 - Boa noite, Cinderela - Para roubar, o criminoso mistura remédio para dormir na bebida da vítima, geralmente em bares. Foi lançado nos anos 90 e era praticado, em geral, contra homossexuais. Agora, as mulheres também são vítimas. Quando a pessoa está desacordada, ele saqueia a casa ou a carteira e a vítima só vai perceber no dia seguinte que foi roubada.

27 - Cartão "engolido" - O golpista introduz uma armadilha na máquina de atendimento para impedir a saída do cartão do banco. Depois de observar a senha da vítima e de esperar a saída dela da agência, recupera o cartão, saca o dinheiro e foge. Por isso, sempre que a máquina engolir o cartão, cancele-o na hora.

28 - Falso mecânico - O golpista inventa um defeito no automóvel da vítima que está trafegando nas ruas ou pede para o motorista parar por causa de uma "estranha fumaça". Há casos, por exemplo, de pessoas que colocaram sacos de estopa no escapamento do carro. Na seqüência, surge um falso mecânico, que se oferece para resolver o problema que não existia. O escolhido, claro, morre com uma grana.

29 - Celular - É bem manjado, mas continua acontecendo. A pessoa entra no caixa 24 horas e, ao tentar tirar dinheiro, o cartão fica preso na máquina. O golpista, que já estava ao lado, entra falando no celular, fingindo estar com o mesmo problema. Na linha, um falso atendente e comparsa do malandro registra a senha da vítima e o dinheiro, adivinhe? Desaparece.

30 - Boa aparência - O ladrão rouba um carro de boa marca, de preferência importado, veste-se bem, com terno e gravata e buzina na portaria de um prédio chique e, com pose de bacana, entra tranqüilamente na garagem, já que o porteiro não desconfia do "patrão". Aperta a campainha e faz a festa.

31 - Corretor de imóveis - Outra versão para assaltar casas e apartamentos. O vigarista se faz passar por corretor e, ao lado de um cúmplice travestido de cliente, consegue autorização do porteiro para entrar no prédio e visitar o imóvel. Ele tem as informações sobre o imóvel, pois ligou antes para a imobiliária. E aproveitam para bater no vizinho...

32 - Entregador de pizza - É um dos mais freqüentes e têm variações como entregador de flores e carteiro. O falso entregador consegue chegar até a guarita do prédio, rende o porteiro e libera a entrada para os comparsas.

33 - Importado a preço de banana - O malandro aborda a vítima na rua e diz que precisa vender um aparelho de som importado para pagar a maternidade da mulher, que está prestes a dar à luz. A oferta é tentadora e o apelo emocional irrecusável. Dizendo-se apressado, afinal a mulher vai parir, o espertinho força que o negócio seja feito na hora. Quando o incauto abre a caixa do aparelho, novinha e bem fechada, encontra um saco de areia.

34 - Cota premiada de consórcio - Por intermédio de anúncios em jornais e revistas, o estelionatário se diz interessado em vender cotas sorteadas de consório com preços abaixo do mercado. A vítima deposita uma taxa em uma conta corrente ou um adiamento. E nunca mais vê o dinheiro.

35 - Teclado bloqueado - É aplicado nos caixas eletrônicos em que não é necessário introduzir o cartão. Eles bloqueiam o teclado com uma fita adesiva para que o correntista não possa fazer nenhuma operação após passar o cartão no leitor óptico. Aparece, então, o golpista oferecendo ajuda e pede que a senha seja digitada. Como não acontece nada, a vítima vai embora. Então, o malandro desbloqueia o teclado e saca o dinheiro.

36 - Troca de cartão - O espertalhão fica próximo ao caixa eletrônico para escolher as vítimas que se atrapalham ao usar a máquina. Ele se oferece para ajudar, pede que a pessoa digite a senha e memoriza os números. Quando devolve o cartão, troca-o.

37 - Falsas ações - Os trambiqueiros se fazem passar por empresários, andam de carros importados e se hospedam em hotéis de luxo para impressionar as vítimas e fazer contatos profissionais. Levantam o nome de pessoas que possuíam ações de empresas de diversos ramos, ativas ou não. Depois entram em contato com elas dizendo que um representante da firma deles irá procurá-la para conversar, já que uma empresa internacional quer comprar as ações. Depois do primeiro encontro, o golpista diz que o negócio só pode ser fechado se a vítima comprar mais um lote de ações para vender um pacote fechado aos gringos. Os novos papéis são falsos e a vítima, claro, só poderá reclamar ao bispo.

38 - Violino - O golpista penhora o instrumento (pode ser outro objeto) em uma agência por R$ 200 e implora que não seja vendido, porque, na semana seguinte, voltará para resgatá-lo. Passados um ou dois dias, um parceiro do estelionatário, com pose de bacana, vai até o penhor e pergunta o que o vendedor tem ali de mais nobre. O segundo vigarista aponta o violino e diz que paga o preço que for. O vendedor pede para ele voltar na semana seguinte. Acreditando que pode fazer um belo negócio, compra a peça penhorada por um valor acima do que ela vale e, claro, mica com o violino.

39 - Compra de kit - Uma empresa, que se diz estrangeira, coloca anúncios em jornais prometendo aos incautos que a partir de um investimento de R$ 100 na compra de um kit para "cuidar" de uma colônia de lactobacilos, seria possível faturar R$ 3 mil. Segundo essa empresa, os lactobacilos seriam usados na produção de cosméticos em outro país e o Brasil teria sido escolhido por ter mão-de-obra barata. As primeiras pessoas receberam o dinheiro para fazer propaganda boca a boca do negócio da China, mas as outras milhares...

40 - Cheque resgatado - O golpista fica de olho em mulheres que entram em cabeleireiros e lojas. O bandido espera a pessoa sair e entra no estabelecimento, se apresenta como motorista da vítima, e diz que a patroa se enganou ao fazer cheque, dando um outro (roubado) em troca. O dono do salão ou da loja entrega o cheque bom e fica com o falso. Outra versão do golpe é o picareta trocar o cheque por dinheiro e alterar o valor de R$ 50 para R$ 500.

41 - Aliança - O vigarista derruba uma aliança no chão e fica por perto. Uma pessoa a encontra e o golpista chega perto para dizer que achou a outra e oferece por uma pechincha. Sem desconfiar, a pessoa compra bijuteria por preço de ouro.

42 - Bilhete premiado - O estelionatário finge ser uma pessoa humilde e ingênua, com um bilhete premiado nas mãos, falso, é claro. Com lábia, o falso matuto vende o bilhete fajuto para o otário da hora.

43 - Telefone - Alguém liga para a casa da pessoa se dizendo funcionário do banco em que ela tem conta. Não se sabe como ela descobre a data do aniversário e a agência da vítima. Com uma boa conversa, o golpista convence o correntista a digitar, no aparelho de telefone, a senha do cartão magnético. Já viu, não é? Adeus dinheirinho da conta corrente.

44 - Consórcio premiado - Anuncia-se a venda de consórcios sorteados. De carro, casa, equipamentos eletrônicos etc. O vigarista anuncia dois telefones: um fixo que funciona como fax e um celular pré-pago ou roubado. Pelo fax, ele passa o xerox de seus documentos pessoais e deposita uma taxa em uma conta aberta (com nome falso) para garantir o negócio. Feito isso, os telefones não mais atendem e o veículo jamais é entregue.

45 - Falso vendedor de passagens - O malandro entra em ação vendendo passagens com desconto. O bilhete, claro, é falso. Mas o golpe é bem planejado e muitos usam o uniforme das empresas de transporte.

46 - Pechincha - O estelionatário aborda a vítima e oferece um equipamento eletrônico pela metade do preço. Finge que vai buscar o equipamento, que estaria guardado no carro, pega o dinheiro e some. Ou entrega um pacote com tijolo dentro.

47 - Sujeira - Um malandro esbarra ou deixa cair alguma substância na roupa da vítima. Um segundo se oferece para ajudar na limpeza e, como a vítima se distrai, o primeiro aproveita para bater a sua carteira.

48 - Rodoviária - As vítimas são pessoas ingênuas que voltam para a cidade natal com dinheiro vivo. O golpista senta do lado da pessoa no ônibus e puxa conversa. Em pouco tempo, descobre de onde é a pessoa e diz que também é de lá. Ele conta que está carregando cheques, que precisa pagar uma encomenda no caminho e pede para o "conterrâneo" fazer um empréstimo, garantindo que ao chegarem devolverá a quantia. Na parada seguinte, desce do ônibus e some.

49 - Falso padre - Perto de igrejas o larápio se veste de padre, e, quando os fiéis estão a caminho de casa, os aborda e se oferece, com uma lábia convincente, a benzer a casa da vítima por uma módica quantia.

50 - O Golpe da solidariedade - XXXX XXXX XXXX, empresário paulista, caiu duas vezes no mesmo golpe. "Eu estava parado em um semáforo quando um homem com as mãos sujas de graxa bateu no vidro. Garoava e notei que ele havia deixado carro com o capô aberto em cima da calçada. Ao lado do carro, tinha um mulher carregando um bebê. Ele me disse que estava sem dinheiro e sem cartão e me pediu R$ 30 para tirar a mulher daquela situação. Depois pediu meu telefone e a minha conta para depositar o dinheiro no dia seguinte. A outra vez aconteceu no aeroporto. Esperava o motorista da empresa quando um cara se aproximou e disse que tinha acabado de chegar, mostrou uma passagem, que tinha de ir para casa. Exibiu o cartão do banco com uma ponta quebrada, disse que precisava de R$ 20 e que no dia seguinte faria um cheque avulso no banco e devolveria o dinheiro. Agora, vou desconfiar até da minha sombra. Se alguém estiver em dificuldade de verdade, vai pagar por essas pessoas, pois não ajudo mais ninguém.

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Empresa procura funcionário para testar lua de mel


Companhia irlandesa busca alguém disposto a viajar durante seis meses por paraísos como as Ilhas Maldivas para testar os melhores coquetéis, hotéis e spas.

Procura-se pessoa que goste de viajar e se hospedar em hotéis de luxo: todas as despesas pagas e mais R$ 50 mil.

Uma companhia irlandesa está procurando um “testador de lua de mel”, alguém que esteja disposto a experimentar praias, nadar em piscinas e beber champagne como parte de seu trabalho.

A empresa Runaway Bride & Groom, que realiza casamentos na Irlanda e em outros países e cuida de toda a logística para fazer a festa dos sonhos de qualquer casal, quer um funcionário que tenha disponibilidade para viajar durante seis meses. Sua missão será visitar hotéis, resorts, spas, restaurantes e refúgios românticos. Pelo trabalho, o candidato vai receber quase R$ 50 mil. Com um detalhe: pode levar um acompanhante na viagem.

Como todo trabalho, este também tem uma “parte chata”: o testador precisa mandar relatórios com suas impressões de cada lugar em que ficar. Suas paradas devem durar de três a quatro semanas, para garantir uma impressão autêntica do serviço oferecido. Algo como o melhor coquetel de tal bar ou a jacuzzi perfeita.

Entre os lugares da jornada estão paraísos do turismo como as Ilhas Maldivas e Zanzibar.

Candidatos interessados à vaga devem mandar seus currículos online até o final de abril.

E, por favor, não esqueçam de me convidar para a viagem.


.

sexta-feira, 2 de abril de 2010

PACMAN: THE MOVIE TRAILER

Michael Pacman, CEO da Pharmaceutical, é forçado a ingerir os seus próprios perigosos medicamentos, e assim tentar sobreviver a um labirinto criado por um sádico paciente em busca de vingança.

Assista o trailer.



divirta-se

.

Samsung apresenta o mestre atirador de cartões de visita

O mais novo vídeo do consistente trabalho da Samsung com virais traz o impressionante “mestre atirador de cartões de visitas”. Calma, o título parece debochado, mas a performance é incrível.

O rapaz aí do vídeo atira cartões em qualquer lugar que quiser, estoura balões, apaga velas e fatia tomates, tudo sem precisar de nenhum produto Polishop. A ação, criada pela The Viral Factory, promove a câmera H205 da Samsung.



.

domingo, 28 de março de 2010

A balada entrega a idade



Sábado rola o famoso Flash Back,
Information Society, Noel, Donna Summer, KLF, Snap, TecnoTronic, etc etc etc etc etc.

O histórico bar do Hotel Cambridge já abrigou visitantes ilustres, como Nat King Cole, e foi um dos berços da bossa nova em São Paulo, durante os anos 50.

Caiu no esquecimento e ficou desativado por algum tempo, até ser restaurado com as características originais. O espaço conta com saguão, mezanino, pista de dança e bar, num ambiente com carpete vermelho, paredes revestidas de madeira e cadeiras e sofás de couro.

A programação musical é eclética e varia conforme o dia da semana. Uma das festas habituais do lugar é o Projeto Autobahn, dedicado aos anos 80.

O público também é variado, desde jovens e modernos até executivos, dependendo da ocasião.

E ainda tem um Atari pra jogar os famosos Pac Man, Keystone Scapers e Enduro.

Faixa de Preço: até R$ 40
Horário: Diariamente das 18h até o último cliente.
Idade Mínima: 18
Faixa Etária: de 25 a 30
Lotação: 500
Gênero: Eletrônico

http://www.noitesdocentro.com.br/
.

quarta-feira, 24 de março de 2010

Vai pegar um taxi?



Calcule aqui o quanto vai gastar de um ponto ao outro, claro que aqui vc calcula o justo sem contar o trânsito e farois.

Vai de táxi, você sabe.

http://www.taxi.com.br

.

segunda-feira, 22 de março de 2010

Sobre o mundo


Colocando o cursor sobre cada país, além de indicar quantos nascem e morrem a cada instante,indica a população local e as toneladas de emissões de CO2.
É impressionante o movimento na China e na India.
Verifique que a população da Europa não consegue se substituir.

Em contrapartida, a da África e a da Ásia não param de aumentar.

Ponha o mouse em cima de um país e vc terá a informação de quantas pessoas nascem e morrem a cada momento,a população de cada país e o que ele produz de CO2


http://www.breathingearth.net/

quarta-feira, 17 de março de 2010

Visite Itacaré








As vezes pensamos que lugares longes são a segunda opção para se divertir, tive que passar por essa experiência e confesso: foi a melhor decisão que eu tive.

Visitei Itacaré, um município do sul litorâneo da Bahia, com praias de visual paradisíaco, as praias são Concha, Coroinha, Costa, Engenhoca, Havaizinho, Itacarezinho, Jeribucaçú, Pontal, Prainha, Resende, Ribeira, São José, Serra Grande, Siriaco e Tiririca.

Surfei nas praias da Ribeira, Tiririca e Jeribocaçu me senti no Havaí, você deve se instalar na praia da Concha a principal praia e a primeira do roteiro. De lá você se desloca mais fácil para os outros lugares (alugue um carro, diária R$ 70,00). Aconselho a Pousada dos Corais http://www.pousadadoscoraisitacare.com/ onde o clima é de amizade e aconchego. A pousada tem piscina, bar, quartos duplos, triplos e até quintuplos, cerveja gelada e o bom papo do francês Jean e das paulistanas Sônia e Ivone que conheço pelo menos uns vinte anos.

Esse video da pousada vai ajudá-los a entender melhor o que estou falando.


Em Itacaré existem várias atividades, passeio de barco pelo Rio de Contas, passeio pelo mangue até chegar em uma fazenda de cacau onde existe uma cachoeira muito boa, tem também a cachoeira da Usina, o arvorismo é uma opção bem legal, com um percurso para aventureiro nenhum botar defeito, você pode se aventurar fazendo Rafiting pelo Rio de Contas com o pessoal do Planeta Rafiting, tem uma tirolesa legal no final que eu consegui com meu peso todo, travar a rondana e ficar parado no meio do percurso, nesse video vocês vão ver que não estou mentindo.


A Pituba é o point, para comer (vai na creperia é show), comprar, passear e por em dia seus idiomas preferidos. Pra onde se olha tem gente de olhos azuis, africanos, italianos, suecos, indianos, chilenos, mineiros, paulistas e com um pouco de sorte você consegue desviar dos argentinos (pelo menos os que conheci são gente boa).

Você pode visitar a Cabana da Luzitania, o rango é bom e ela é uma figura, sua filha Amoni é outra figura, tive a sorte ver um show da Keu, uma menina simpática que manda muito bem na voz e violão.

Com uma câmera nas mãos, croc nos pés, roupas leves, água como combustível, você ganha esse mundo de praias lindas e não esqueça o protetor solar (faz sol o tempo todo).

O lugar é ideal para casais em lua de mel, casais que querem uma reconciliação rápida, solteiros também tem vez aqui em Itacaré, casais com crianças também se divertem. A cidade é ótima e está na lista dos 40 lugares para se conhecer antes de morrer, então aproveite e viva essa emoção.

Para se localizar em Itacaré o primeiro passo é ligar para a Pousada dos Corais, procure por Ivone (73) 3251 2032 (73) 8147 6083 - email: pousada.corais@gmail.com você consegue todas as conexões com passeios turísticos, Maraú, Rafiting, aulas de surf, Barra Grande, táxi, etc.

PS: Se você falar que viu no blog ganha desconto na baixa temporada, que na minha opinião é a melhor época de viajar, pouca gente, praias mais desertas, sem filas e sem trânsito (coisa que paulista não sabe o que é).

Sorria você vai para a Bahia.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

agora você pode!




Montagem de fotos no Orkutcom Photofunia.com.

A nova onda do Orkut é fazer montagens com o Photofunia, ele é um site web 2.0no qual você poderá fazer diversas montagens com suas fotos, atráves de imagens pré-programadas que consta no Banco de do site. E na minha opinião uma das melhores coisas do site, é não ter que realizar cadastro para mexer em suas funções, mas por outro lado é necessário depois da montagem, salvar a imagem em seu computador, assim não podendo compartilhar diretamente atráves de um albúm do site.

O Photofunia tem uma interface de funcionamento muito simples. Na primeira página do site, você escolhe o modelo no qual quer ver sua foto como uma montagem. Após isto clique no botão Browse e selecione a foto para montagem que se encontra em seu computador. Pronto, agora é salvar a imagem em seu computador para upar para algum albúm online, mesmo do Orkut.


divirta-se!


http://br.photofunia.com/

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Celular ninguém vive sem

CONHEÇAM AS QUATRO UTILIDADES QUE ESTÃO ESCONDIDAS EM SEU CELULAR.



Emergência I

O número universal de emergência para celular é 112
Se você estiver fora da área de cobertura de sua operadora e tiver alguma emergência, disque 112 e o celular irá procurar conexão com qualquer operadora possível para enviar o número de emergência para você, e o mais interessante é que o número 112 pode ser digitado mesmo se o teclado estiver travado. Experimente!

Emergência II


Você já trancou seu carro com a chave dentro?
Seu carro abre com controle remoto? Bom motivo para ter um celular.
Se você trancar seu carro com a chave dentro e a chave reserva estiver em sua casa, ligue pelo seu celular, para o celular de alguém que esteja lá. Segure seu celular cerca de 30cm próximo à porta do seu carro e peça que a pessoa acione o controle da chave reserva, segurando o controle perto do celular dela. Isso irá destrancar seu carro, evitando de alguém ter que ir até onde você esteja, ou tendo que chamar socorro. Distância não é impedimento. Você pode estar a milhares de quilômetros de casa, e ainda assim terá seu carro destrancado.

Emergência III


Vamos imaginar que a bateria do seu celular esteja fraca. Para ativar, pressione as teclas:*3370#
Seu celular irá acionar a reserva e você terá de volta 50% de sua bateria. Essa reserva será recarregada na próxima vez que você carregar a bateria.

Emergência IV


Para conhecer o número de série do seu celular, pressione os seguintes dígitos: *#06#

Um código de 15 dígitos aparecerá. Este número é único. Anote e guarde em algum lugar seguro. Se seu celular for roubado, ligue para sua operadora e dê esse código. Assim eles conseguirão bloquear seu celular e o ladrão não conseguirá usá-lo de forma alguma. Talvez você fique sem o seu celular, mas pelo menos saberá que ninguém mais poderá usá-lo. Se todos fizerem isso, não haverá mais roubos de celular.